Como evitar a indigestão?

Como evitar a indigestão?

Como evitar a indigestão?

Todo mundo está propenso a problemas de estômago a qualquer momento. Muito provavelmente, em algum momento, muitos de nós experimentaram alguns desses problemas. 

Isso geralmente acontece quando nosso corpo não digere bem os alimentos e, como resultado, a digestão é lenta e difícil, o que pode até ser acompanhado de outros sintomas.

Dizem que sofremos de má digestão quando o distúrbio nos atinge com frequência e até diariamente por vários meses. Em contraste, a indigestão é rara, geralmente de duração mais curta e mais fácil de tratar.

Como evitar a indigestão?

Por outro lado, os problemas de flatulência também podem ser muito comuns, pois sempre andam de mãos dadas com má digestão e indigestão. E como você sabe, ter flatulência é bastante desagradável, especialmente se o problema for crônico.

Esses problemas podem ser causados ​​pelos mesmos hábitos de vida que mantemos diariamente, portanto, fazer algumas mudanças nesses hábitos pode nos ajudar a evitá-los.

Evite estresse emocional ou nervosismo

Para quem ainda não sabe disso, o estômago é um órgão muito sensível a problemas emocionais.

Quando estamos estressados ​​ou entramos em crise de nervosismo, ou mesmo depressão, o estômago também começa a aparecer, e quase sempre sentimos dor, inflamação, indigestão em geral e até gases.

Manter uma vida emocional equilibrada promoverá uma boa digestão.

Coma bem

Aprender a comer é uma das chaves para evitar indigestão e gases. Quando mastigamos mal nossos alimentos, nossa digestão fica mais lenta, pois fica mais caro para o corpo trabalhar para realizar o processo de digestão.

Além disso, quando comemos com pressa, engolimos muito ar, e é aí que os gases começam a se formar. É muito importante comer devagar, mastigar bem os alimentos, para que a salivação facilite a digestão e aumente nossa sensação de saciedade.

Também é importante não beber muita água durante as refeições, pois a neutralização dos ácidos dificulta a digestão.

Descanse um pouco depois de comer

Esta é uma ótima ideia para relaxar e dar ao seu estômago a energia necessária para uma boa digestão.

Evite exercícios extenuantes após as refeições e descanso. É conveniente deitar no sofá ou em uma poltrona, não é conveniente ir para a cama assim que você comer.

Tomar medicação com o estômago cheio

Muitos medicamentos podem causar indigestão, por isso devemos evitá-los o máximo possível. Mas, se você precisar tomar algum medicamento diariamente, é recomendável fazê-lo com o estômago cheio para evitar desconforto.

Faça uma dieta saudável

A alimentação é essencial para quem quer ter uma boa digestão e evitar gases. Alguns alimentos podem ser muito prejudiciais ao estômago, por isso é melhor evitá-los.

As pessoas que sofrem frequentemente de gases e indigestão são aconselhadas a reduzir a ingestão de alimentos picantes, ácidos, gordurosos, alimentos ricos em fibras ou qualquer outro que possa causar intolerância.

Mas, além disso, é preciso evitar o uso de álcool, cigarros, refrigerantes e fast foods.

Não coma antes de dormir

Muitas pessoas têm o mau hábito de comer qualquer coisa antes de dormir, e isso pode ser muito ruim para a digestão. A melhor coisa que você pode fazer é comer pelo menos três horas antes de dormir.

Considerações finais

  • Aplique todas essas dicas todos os dias, pois elas podem ajudá-lo a controlar sua digestão e dizer adeus aos gases e à indigestão. Lembre-se também de que é conveniente tomar remédios naturais para combater esses problemas. Gengibre e limão podem ser dois grandes aliados tanto no combate ao gás quanto no alívio de dores de estômago.
  • Além disso, lembre-se de que problemas estomacais e digestivos devem ser levados muito a sério se ocorrerem com frequência em sua vida. Se azia, indigestão e gases ocorrerem mais de duas vezes por semana, é recomendável que você consulte seu médico para ver se esses sintomas indicam um problema mais sério, como síndrome do intestino irritável, problemas de vesícula biliar, alergia a certos alimentos e, pelo menos, ao menos. pior, alguns tipos de câncer.

Procurando um bom plano de saúde? Confira o Plano de Saúde Unimed!

Continue lendo nosso site!

Claudio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *