4 Cuidados para a sua semijoia durar mais

4 Cuidados para a sua semijoia durar mais

A semijoia é uma peça bonita, com um preço acessível que, se tiver os cuidados devidos, pode durar bastante tempo.

Nesse sentido, para que sua vida útil seja a mais longa possível, você precisa evitar certos hábitos e componentes que possam danificá-la.

Portanto, continue a leitura e confira dicas de como cuidar das suas semijoias para que elas durem muito.

O que é uma semijoia? 

Uma semijoia é uma peça feita de metal simples, como o latão, e que recebe um banho de metal nobre. Esse metal pode ser ouro ou prata, por exemplo. 

Nesse sentido, algumas semijoias podem receber uma cobertura de metal nobre maior do que outras. Isso faz com que tenham uma qualidade maior e, consequentemente, um preço maior.

Quanto tempo dura uma semijoia? 

A vida útil de uma semijoia tem uma média de dois anos. No entanto, esse período pode variar a depender dos cuidados que você terá com ela. 

Assim, se você não tomar os cuidados necessários, sua semijoias pode durar muito menos. Por outro lado, se bem cuidada, a longevidade dela pode ser muito maior do que dois anos.

O que estraga uma semijoia?

Semijoias não são frágeis o suficiente para ficarem danificadas se expostas muito tempo ao sol, como alguns afirmam. No entanto, alguns fatores podem alterar a composição química delas a longo prazo, assim como prejudicá-las de outra forma.

Assim, alguns componentes que podem estragar suas semijoias são:

  • Produtos químicos;
  • Suor;
  • Areia;
  • Água do mar;
  • Cremes hidratantes.

Portanto, o contato com algum desses componentes pode fazer com que sua semijoia fique arranhada ou perca o brilho. Além disso, pode aumentar a fragilidade delas, diminuindo sua vida útil rapidamente.

Cuidados para a sua semijoia durar mais 

De fato, certos componentes e hábitos podem fazer com que suas semijoias fiquem arranhadas. Ou mesmo percam o brilho muito mais rápido do que o normal. Assim, existem vários cuidados que você precisa ter para fazê-las durar mais.  Confira.

Evite o contato das peças com produtos químicos ou abrasivos 

Produtos químicos e abrasivos podem danificar seriamente sua semijoia. Um bom exemplo disso é o cloro. Se exposto muito tempo a esse produto, sua semijoia pode até mesmo se partir ao meio.

Portanto, quando for fazer alguma faxina ou alguma outra atividade em que precise manusear produtos de limpeza, retire sua semijoia.

Além disso, tenha cuidado na hora de fazer a limpeza dela. Use apenas água e sabão neutro para a higienização. Quando terminar, seque-a com um pano macio e a lustre com uma flanela também macia.

Reduza o contato com a água 

O contato excessivo com a água pode danificar sua semijoia. Afinal, a umidade pode fazê-la oxidar, diminuindo sua vida útil.

Portanto, retire-a sempre que for tomar banho e, se usar anéis, retire-os também quando for lavar as mãos. Além disso, antes de usá-la, certifique-se de que está com o corpo seco.

Ademais, tome o cuidado de guardá-la em um lugar seco, longe da umidade.

Guarde as peças com cuidado 

A forma como você guarda suas semijoias faz toda a diferença na durabilidade delas.  Afinal, locais com muita umidade ou muito aquecidos podem danificá-las.

Dessa forma, procure guardá-las em um local seco e com uma temperatura ambiente equilibrada. Evite deixá-las junto com outros itens, como roupas, e materiais rígidos.

Além disso, evite deixá-las com outras jóias e semijoias. Afinal, a depender do tipo, elas podem acabar se enroscando umas nas outras. O ideal é que você as coloque individualmente em saquinhos macios feitos de materiais como:

  • Microfibra;
  • Flanela;
  • Organização.

Outra boa opção para guardar suas semijoias é colocá-las em porta jóias feitas para isso. Eles já são feitos dos materiais necessários para conservar suas peças. Assim, reserve um local só para elas e organize-as bem.

Não utilize semijoias para se exercitar

De fato, o suor é um componente sempre presente na hora dos exercícios físicos, o que é muito prejudicial para suas semijoias. Isso porque o suor contém um composto chamado ácido úrico.

Nesse sentido, esse composto em contato com as semijoias pode acelerar a oxidação delas. Assim, se você usá-las para se exercitar, rapidamente elas perderão o brilho e começarão a escurecer.

Portanto, não se esqueça de retirá-las sempre que for fazer exercícios físicos. Além disso, sempre que notar a presença de suor em contato com essas peças, mesmo no dia a dia, retire-as e as limpe com água e sabão neutro.

Por fim, agora que você já sabe quais cuidados tomar para conservar suas semijoias, deixe seu comentário. Já sabia que esses compostos poderiam prejudicar suas peças? Quais dessas orientações você já seguiu? Tem mais alguma sugestão?

Ademais, existem outros cuidados que você precisa tomar com suas semijoias. Como por exemplo, evitar atritos e evitar deixá-las cair. Isso vai impedir que elas arranhem, fazendo com que fiquem sempre bonitas e com cara de novas. 

Nelson

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *